Aneel anuncia bandeira tarifária 'escassez hídrica'; custo será de R$14,20 a cada 100kWh

A Bandeira seria o patamar ainda mais 'Grave' que a bandeira vermelha 2, que já vinha sendo aplicada e deve ser mantida até abril de 2022. O aumento chega a 49,63% em relação aos valor pago atualmente.

Nesta terça-feira(31/08) a Agência Nacional de Energia Elétrica(Aneel) anunciou um novo patamar de bandeira tarifaria para as contas de energia de todo o país. A ”Bandeira tarifária escassez hídrica” que entra em vigor nesta quarta-feira (01/09) e irá adicionar R$14,20 na fatura a cada 100kW/h consumidos.

De acordo com o texto divulgado pela agência, a previsão é que a nova bandeira permaneça em vigor até 30 de abril de 2022.
A bandeira representa um aumento de 49,63% em relação a bandeira vermelha patamar 2, que seria a mais alta do sistema e estava em vigor nos últimos meses.

 

Entenda as bandeiras tarifárias — Foto: Economia G1

O motivo seria a piora da crise hídrica, que tem exigido medidas adicionais do setor elétrico para evitar a falta de energia em outubro e novembro, que serão os meses mais críticos do ano.

O reajuste anunciado nesta terça é o segundo do ano. No fim de junho, a Aneel reajustou a bandeira tarifária vermelha patamar 2 de R$6,24 para R$9,49 a cada 100kWh consumidos .

Veja, abaixo, a cronologia das tarifas em 2021:

  • de janeiro a abril – bandeira amarela, ao custo de R$ 1,343 para cada 100 kWh;
  • em maio – bandeira vermelha patamar 1, ao custo de R$ 4,169 para cada 100 kWh;
  • junho – bandeira vermelha patamar 2 (acionada por causa da piora das condições hídricas), com custo de R$ 6,243 para cada 100 kWh;
  • julho e agosto – mantida a bandeira vermelha patamar 2, mas no valor reajustado de R$ 9,49.

Diante de todas as dificuldades surgem as oportunidades, que tal trocar o valor da sua fatura de energia todo mês pelo financiamento do seu sistema de energia solar, e o melhor o financiamento acaba, e você continua gerando energia com garantia por mais de 25 anos.

solicite seu orçamento grátis  ☀️⚡



Fonte da matéria G1 Economia 

Conversar
Orçamento Grátis!
Olá!
Gostaria de um orçamento grátis?